Carregando...
106.1 FM
OUÇA AO VIVO
Player de Streaming

Notícias

/ Maurício Vieira da Cunha

Ministério Público vai investigar compra da Mercedes da Câmara

Promotora Maristela Schneider disse que vai encaminhar pedido de informação para obter mais detalhes sobre a licitação

A promotora Maristela Schneider vai pedir informações, nos próximos dias, sobre a compra da van Mercedes-Benz Vito pela Câmara de Vereadores de Cachoeira do Sul. Ela assinala que, até esta quarta-feira, ninguém lhe procurou para denunciar possíveis irregularidades no processo licitatório.

Contudo, Maristela explica o Ministério Público pode agir de ofício, mesmo que tenha por base apenas notícias veiculadas pela imprensa. Ela tomou conhecimento do caso através das reportagens veiculadas pelo Jornal do Povo.

Maristela não quis se pronunciar a respeito, limitando-se a dizer quer irá formular um pedido de informações à Câmara de Vereadores para averiguar por que a garantia foi reduzida de 36 para 12 meses a pedido da empresa vencedora.

A compra do automóvel foi concretizada pela Câmara de Vereadores nesta terça-feira, quando foi assinado o contrato de compra, pelo valor de R$ 155 mil, com a Savar Veículos, de Porto Alegre, que terá 30 dias para entregar a van Mercedes-Benz Vito 119 CDI 2.0 Flex, de oito lugares, com 184 cavalos de potência.

ALTERAÇÃO DE VÉSPERA

Já a concessionária Sponchiado Jardine Veículos, de Cachoeira do Sul, que também participou do pregão eletrônico da Câmara, chegou a colocar em suspeição o processo licitatório, mas desistiu de entrar com recurso, ou outras medidas judiciais.

O gerente Ivan Alves reclamou em função de a licitação ter sido retificada de última hora, favorecendo a empresa vencedora. O prazo de garantia do veículo caiu de 36 para 12 meses, permitindo que revenda de Porto Alegre, a Savar, oferecesse a proposta que acabou vencendo a disputa.

No dia 8 deste mês, o prazo para recebimento e abertura das propostas foi alterado do dia 5 para o dia 9, portanto, a última mudança nas regras do edital ocorreu com apenas um dia de antecedência.

Na ocasião, o gerente da Jardine, Ivan Alves, afirmou que a mudança de véspera nas regras do edital direcionou a licitação para seu concorrente.

Fonte da notícia: JORNAL DO POVO
Compartilhar

Veja Também

20 de Outubro 2017
Ajuda de custo para escolas de samba terá cor...
Anúncio oficial será feito aos dirigentes das agremiações em reunião no pró.../saiba mais/
20 de Outubro 2017
Estrelas do laço brilham em Cachoeira
300 competidores passarão pela Fenarroz no fim de semana/saiba mais/
BAIXE NOSSO APP
FALE CONOSCO
PEÇA SUA MÚSICA / ENVIE SEU RECADO
Copyright 2015 © Rádio GVC 106.1 FM
Rádio GVC 106.1 FM